Três pessoas são presas durante posse do novo reitor da USP

Grupo de jovens atirava objetos ao som de gritos de 'fora João Grandino!'; PM usou bomba de efeito moral

Carolina Stanisci e Maíra Teixeira, do estadao.com.br,

25 Janeiro 2010 | 19h16

 

 

Dois homens e uma mulher foram presos após um tumulto na Sala São Paulo, na luz, região central, onde o novo reitor da Universidade de São Paulo, João Grandino Rodas, tomava posse. Segundo a Polícia Militar, eles foram levado ao 3º DP (Santa Ifigênia). A manifestação ocorreu por volta das 17h30 desta tarde, na lateral da entrada do local, onde fica o estacionamento de autoridades.

 

Um pequeno grupo de jovens atirava objetos, como placas e guarda-chuvas, e gritavam 'fora João Grandino!'. A PM interveio jogando uma bomba de efeito moral para dispersar o protesto.

 

Mais conteúdo sobre:
USP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.