Três pessoas morrem após ônibus cair em ribanceira em Vinhedo

Passageiro, que morreu no acidente, pulou sobre o motorista e puxou a direção

Ricardo Brandt - O Estado de S.Paulo,

03 de abril de 2013 | 15h47

CAMPINAS - No interior de São Paulo, um ônibus da viação Cometa que viajava para Campinas caiu em uma ribanceira deixando três mortos e 27 feridos no fim da tarde do último dia 29, após um passageiro pular sobre o motorista e puxar a direção. A Polícia Civil investiga se o rapaz, Francisco Rômulo de Oliveira, de 25 anos, - uma das vítimas fatais do acidente - estava sob o efeito de álcool e drogas.

O acidente aconteceu na cidade de Vinhedo, na altura do km 79 da rodovia Anhanguera, depois de Oliveira se envolver em um acidente de trânsito na capital, ser preso e liberado, sob pagamento de fiança.

O avô do rapaz, o agricultor Antônio Abel Brasil, com quem ele morava na cidade de Mogi Guaçu, conta que ele era usuário de drogas e que na tarde de sexta-feira, Oliveira pegou o carro da firma em que trabalhava e foi até São Paulo, onde bateu o carro na Marginal Pinheiros e foi detido por suspeita de estar embriagado.

O dono da empresa foi até São Paulo buscar Oliveira, pagou a fiança e no retorno para Mogi Guaçu declarou à polícia que o funcionário pulou do veículo no pedágio, em Cajamar.

No boletim de ocorrência, uma testemunha declarou que o passageiro embarcou no ônibus no posto da Polícia Rodoviária em Cajamar e que no trajeto do local, até o ponto onde ele se atirou em cima do motorista ele já havia se levantado duas vezes para ir conversar com o motorista.

"Provavelmente em um surto psicótico, esse passageiro provocou a morte de duas pessoas e a dele", afirmou o policial rodoviário Vladimir Ribeiro. O motorista Reginaldo Gomes tentou controlar o veículo, mas o ônibus caiu em uma ribanceira de seis metros. Havia 34 pessoas dentro do ônibus. "Do nada, ele saiu e puxou a direção. Não falou nada. O carro não tem cabine (que separa passageiros do condutor) porque é usado em viagens curtas", declarou o motorista à polícia, no dia do acidente.

Além de Oliveira, morreram no acidente um funcionário da Viação Cometa, Edson Rodrigo da Silva, de 35 anos, que viajava para Hortolândia, onde participaria do aniversário de 8 anos do filho. A outra vítima fatal foi João Paulo de Souza, de 30 anos, de Juazeiro do Norte (CE).

Mais conteúdo sobre:
Acidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.