TRÊS PERGUNTAS PARA... Marcos Carneiro Lima, delegado-geral da Polícia Civil

1. A polícia já sabe o que aconteceu com o delegado de Guarulhos?

O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2012 | 03h04

Ainda estamos levando em consideração as diferentes hipóteses para o caso. Mas todas as informações levam a acreditar que ele foi morto covardemente por ladrões que tentaram lhe assaltar. Os ladrões, que trabalham com o fator surpresa, tentaram roubar a moto e o mataram porque não conseguiram.

2. Temos visto casos de mortes de policiais militares a mando de criminosos. Pode ter sido uma execução premeditada?

Ainda não é possível afirmar com certeza o que aconteceu. Mas, pela descrição do caso, tudo indica que os ladrões foram atraídos pela moto mil cilindradas e atuaram de forma violenta por ele se recusar a ceder. A violência dos criminosos é um grave problema.

3. O roubo de carros e de motos é um tipo de crime que não para de crescer. Por quê?

Um dos motivos é o mercado receptador, que acaba incentivando a ação das quadrilhas. Por isso, a Polícia Civil tem buscado coibir o funcionamento desses estabelecimentos. Os consumidores também devem ficar atentos e evitar comprar peças que podem muitas vezes vir de carros roubados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.