Três perguntas para...

Alessandro Molon - presidente da subcomissão de armas e munições da câmara

Alfredo Junqueira, O Estado de S.Paulo

07 de maio de 2011 | 00h00

1.Como essa subcomissão de controle de armas vai funcionar no Congresso?

O nosso objetivo é fiscalizar o cumprimento do Estatuto do Desarmamento, aprovado em 2003.

2. O que não está sendo cumprido?

O controle das lojas que vendem armas no País. Além disso, alguns elementos previstos no Estatuto não estão em vigor, como a integração dos bancos de dados da PF e do Exército. Também temos 750 mil armas em depósitos judiciários, que colocam em risco o desarmamento.

3. O lobby da indústria das armas pode atrapalhar?

Eu acredito na adoção (pela base governista) de um posição contrária a um novo referendo ou plebiscito sobre armas. Isso é correto e obriga aqueles que defendem a indústria das armas a apoiar a Campanha do Desarmamento e a cobrança do Estatuto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.