Três homens morrem na 7ª chacina da zona norte em 2007

Um quarto homem foi atingido pelos disparos e foi operado no Hospital da Vila Penteado, onde está internado

Andressa Zanandrea, do JT, e Oswaldo Faustino, do estadao.com.br,

12 de setembro de 2007 | 12h32

Três homens foram mortos e um ficou gravemente ferido em mais uma chacina na zona norte de São Paulo – esta é a décima registrada na capital desde o início do ano e a sétima na região. Os disparos aconteceram na Rua Veríssimo Cardoso, na Vila Cruz das Almas, região da Freguesia do Ó. Eles foram atingidos por vários tiros e levados aos prontos-socorros dos hospitais João Paulo e de Vila Penteado, onde morreram. As vítimas são Reginaldo Nogueira da Silva e dois outros identificados apenas como Vicente e Tivo. O quarto baleado, Paulo de Oliveira, passou por cirurgia no Hospital de Vila Penteado.   Esta é a 21ª chacina registrada em todo o Estado de São Paulo, que já acumula 85 mortes desde o início do ano. Em São Paulo, a Polícia Civil registrou dez chacinas este ano, com 44 mortos. A maioria delas aconteceu na zona norte de São Paulo, das dez, sete aconteceram na região – a última aconteceu na Água Fria, em 5 de julho. As chacinas com maior número de mortos também aconteceram na zona norte: no dia 30 de junho, seis pessoas foram assassinadas na Vila Albertina; no dia 2 de fevereiro, seis pessoas foram executadas na Vila Brasilândia e no dia 1 de fevereiro, 6 pessoas foram mortas a tiro no Jardim Elisa Maria. Outras mortes   No começo da noite de terça-feira, Alexandre Francisco da Silva foi encontrado morto a tiros na rua Gastão Madeira, na Vila Maria Alta. O delegado do 19º DP (Vila Maria) acionou a equipe especializada de plantão no DHPP para investigar esse crime. A mesma equipe também vai investigar o homicídio ocorrido às 22 horas na Rua Levantina, na Vila Xavantes, na região de Itaquera, zona leste. Segundo testemunhas, um Fiat Uno branco e um Pálio vermelho, de onde teria sido jogado o corpo de Adriano Juarez Paes Landim, de 20 anos, que já estava morto por vários tiros. Esse crime foi registrado na delegacia de Itaquera (32º DP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.