Três funcionários da Fundação Casa ficam feridos após confronto

Na unidade Itaquera, cerca de dez adolescentes de envolveram no incidente; trabalhadores tiveram apenas ferimentos leves

Marília Lopes, Central de Notícias

10 de abril de 2011 | 16h17

SÃO PAULO - Três funcionários da Fundação Casa ficaram feridos após um confronto com menores da unidade de Itaquera, na zona leste de São Paulo, na tarde deste domingo, 10. Segundo a assessoria da instituição, a primeira hipótese foi de que os menores tentaram fugir da unidade, porém não houve confirmação. Ainda de acordo com a assessoria, a segunda hipótese é de que um dos adolescentes teve um surto e incentivou os demais a agredirem os funcionários.

 

Nenhum adolescente se feriu na briga, segundo a assessoria da Fundação Casa. Os funcionários agredidos foram medicados e passam bem. Eles sofreram apenas ferimentos leves. A Corregedoria da Fundação Casa irá investigar o episódio. A assessoria da instituição informou que não houve princípio de rebelião e que cerca de 10 adolescentes se envolveram na briga.

 

A Polícia Militar foi chamada à unidade por volta de 14 horas. A assessoria da PM afirmou que o chamado era para conter o início de uma rebelião, com possibilidade de fuga. A PM não deu mais informações sobre o caso e informou que quem deve se pronunciar é a Fundação Casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.