Três federais são presos por corrupção na 25

A Polícia Federal bateu de frente com o "inimigo interno" - agentes da própria corporação envolvidos em suposto esquema de corrupção e proteção ao império do contrabando na mais popular rua comercial de São Paulo, a 25 de Março, território livre de chineses e coreanos que fazem da pirataria seu negócio.

Fausto Macedo, O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2011 | 00h00

"O inimigo interno é aquele que conhece os procedimentos. E a investigação dessa natureza é sempre mais difícil que as demais", declarou Roberto Troncon, superintendente regional da PF no Estado, ao anunciar ontem os resultados da Operação Insistência.

Quatro pessoas foram presas em caráter preventivo, informou Troncon. Dois deles são agentes federais experientes e um é motorista da instituição. Todos já haviam sido submetidos a procedimentos disciplinares por outras infrações. O último agia como intermediário de policiais e empresários no centro e no Brás. O grupo sob suspeita conta com 19 integrantes: sete são servidores federais em atividade e um aposentado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.