Três crianças morrem após incêndio atingir casa na zona sul de SP

Outras duas, uma menina de sete anos e um menino de dez, continuam internados; vítimas sofreram parada cardiorrespiratória

O Estado de S. Paulo

30 Janeiro 2015 | 12h36

SÃO PAULO - Três crianças morreram e outras duas permanecem internadas em decorrência de um incêndio que atingiu uma casa na zona sul da capital paulista na noite da última quinta-feira, 29. Segundo o Corpo de Bombeiros, as cinco vítimas, retiradas da residência em chamas, sofreram paradas cardiorrespiratórias.

O fogo começou dentro da casa, na Rua Isaías, na região de Cidade Ademar, por volta das 18h20 e demorou cerca de três horas para ser controlado. As chamas ainda se espalharam para construções vizinhas e 15 viaturas dos Bombeiros foram acionadas para combatê-las. Segundo a Polícia Militar, um helicóptero camuflado de águia sobrevoou o local para auxiliar no resgate. As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Cinco crianças foram socorridas em estado grave e precisaram ser encaminhadas para hospitais. Três não resistiram à intoxicação pela fumaça e morreram. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, uma menina de sete anos está entubada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Pedreira, também na zona sul. Um menino de dez anos está internado no Hospital das Clínicas, na zona oeste.

Mais conteúdo sobre:
Incêndio São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.