Três bombeiros continuam na UTI

Um dos quatro bombeiros que ficaram feridos durante os trabalhos de combate às chamas do Memorial da América Latina deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas ontem. Ele permanece em observação, mas agora na enfermaria do hospital.

O Estado de S.Paulo

03 Dezembro 2013 | 02h12

Três bombeiros, no entanto, continuam na área de tratamento intensivo. Segundo o Corpo de Bombeiros, eles estão estáveis, mas seus quadros ainda exigem atenção. Eles tiveram queimadura internas nas vias respiratórias, ferimento causado pela inalação de gases muito quentes enquanto estavam no auditório.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.