Três alunos da USP sofrem sequestro relâmpago

Três estudantes da Universidade de São Paulo (USP) foram vítimas de sequestro relâmpago no Butantã, zona oeste, na noite de ontem. As vítimas foram abordadas na Rua Alvarenga, a poucos metros do câmpus.

Gio Mendes, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2011 | 00h00

A Polícia Militar suspeitou dos ocupantes de um Gol a 500 metros do local do crime. Os alunos foram soltos e dois criminosos, presos. A PM apreendeu dois revólveres calibre 38 e uma pistola de brinquedo.

Segundo o tenente Silvio Rodrigo Pronestino, das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), os estudantes são da Sociologia. "As vítimas estavam entrando no Gol preto, quando o carro foi fechado por um Monza marrom", afirmou o tenente. Dois bandidos desceram do Monza e anunciaram o assalto.

O motorista do Monza fugiu, antes de os comparsas serem presos pelos policiais. Criminosos também ocupavam uma picape Courier, que não foi encontrada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.