Três adolescentes são mortos em chacina no Guarujá

Polícia acredita que crime está relacionado à disputa pelo controle do tráfico de drogas na região

Ricardo Valota, do estadão.com.br

19 de abril de 2011 | 05h49

SÃO PAULO - Três adolescentes foram mortos e dois homens sobreviveram a uma chacina ocorrida, por volta das 22 horas de segunda-feira, 18, na rua Santo Amaro, dentro da favela do Sítio Conceiçãozinha, no Distrito de Vicente de Carvalho, na cidade de Guarujá, litoral sul paulista.

Segundo o que foi apurado pela polícia até o momento, um Fiat escuro, ocupado por quatro homens, teria parado em frente ao grupo e atirado. No local morreram os adolescentes A.M.S.J., de 16 anos, M.P.S.S., 16, e F.N.F., 17. Ficaram feridos Agemiro Gomes da Fonseca, 51, atingido de raspão, e Washington Fonseca de Oliveira, 29, que passou por cirurgia e continua internado no pronto-socorro municipal.

Não se sabe ainda o que motivou o crime, mas a polícia acredita em crime relacionado ao tráfico de drogas ou disputa entre quadrilhas da região. O caso foi registrado no Distrito Policial Sede do Guarujá pelo delegado João Barbosa Filho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.