Willy Delvalle/Estadão
Willy Delvalle/Estadão

Metrô soluciona falha na Linha 3-Vermelha após 24 horas

Segundo a empresa, o problema de sinalização afetou o sentido Corinthians-Itaquera no trecho entre as Estações Pedro II e Belém

Felipe Cordeiro e Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2016 | 10h56

SÃO PAULO - Uma falha no sistema de sinalização fez os trens da Linha 3-Vermelha, do Metrô, circular com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas estações entre a tarde de quarta-feira, 9, e esta quinta-feira, 10. O ramal é o que transporta o maior número de passageiros em São Paulo e no Brasil: em média, 1,2 milhão por dia útil.

Segundo o Metrô, o problema afetou o sentido Corinthians-Itaquera no trecho entre as Estações Pedro II e Belém, entre a região central e a zona leste da capital paulista, e refletiu no restante da linha por causa do intervalo maior entre as composições.

Em nota, o Metrô explicou que, por volta das 14h30 da quarta-feira, o sistema de sinalização apresentou uma falha que reduziu a velocidade dos trens em circulação na Linha 3- Vermelha. "A equipe de restabelecimento de sistemas foi acionada e passou a trabalhar de forma ininterrupta na via no tempo de intervalo entre os trens, que permaneceram circulando para atender aos usuários".

Os trabalhos dos funcionários prosseguiram na madrugada desta quinta-feira, "mesmo com a início da operação comercial no horário habitual às 4h40". Nenhuma estação foi fechada.  A falha foi resolvida às 16h38 desta quinta, segundo o Metrô. "A causa deste incidente notável será apurada por uma comissão de especialistas", diz ainda a nota.

Os passageiros que não conseguiram manter os horários de seus compromissos por causa do problema podem solicitar no site do Metrô uma Declaração de Ocorrências. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.