Trens da Linha 2 - Verde do Metrô de SP circulam com velocidade reduzida

Três linhas da Companhia do Metropolitano de São Paulo apresentaram problemas nesta sexta

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

05 de agosto de 2011 | 17h50

SÃO PAULO - Depois de problemas na Linha 3 - Vermelha e Linha 1 - Azul, foi a vez da Linha 2 - Verde do Metrô de São Paulo apresentar complicações na tarde desta sexta-feira, 5. Devido à falha em um trem na Estação Clínicas, todos os trens circulam com velocidade reduzida e maior tempo de parada.

 

No início da tarde de hoje, um trem apresentou problemas técnicos na Estação Vergueiro. A assessoria de imprensa não soube informar os motivos da pane, mas o problema na Linha 1 - Azul só foi resolvido às 18h.

 

Pela manhã, por volta das 5h30, os trens da Linha 3 - Vermelha circularam com velocidade reduzida, o que provocou o acúmulo de pessoas nas plataformas durante o horário de pico. Uma composição apresentou problema no sistema pneumático, na Estação Artur Alvim, e teve de ser recolhida para manutenção, limitando a circulação na linha.

 

Por medida de segurança, várias catracas foram bloqueadas para conter o fluxo de passageiros que entravam nas estações. O Metrô não informou o número total de estações em que a ação foi aplicada. Segundo informações de usuários, uma viagem entre as estações Itaquera, na zona leste, e Barra Funda, na zona oeste, chegou a demorar cerca de duas horas, no período das 9h30.

 

Segundo a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), a circulação dos trens começou a se normalizar por volta das 10h, com a liberação de todas as catracas e a diminuição do número de passageiros.

 

Texto atualizado às 19h05.

Tudo o que sabemos sobre:
Metrôlentidãotransporte público

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.