Trens da CPTM batem em Francisco Morato e deixam ao menos 27 feridos

Composição vazia que manobrava na estação colidiu com outra estacionada, que levaria passageiros no sentido Luz da Linha 7-Rubi

18 de dezembro de 2012 | 07h46

Atualizada 12h45

SÃO PAULO - Ao menos 27 pessoas ficaram feridas após a colisão de dois trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na manhã desta terça-feira, 18, na Estação Francisco Morato da Linha 7-Rubi. O acidente aconteceu por volta das 5h30, quando uma composição vazia que manobrava no pátio da estação se chocou com um trem de passageiros parado na plataforma, que tinha como destino a Estação da Luz.

O Corpo de Bombeiros enviou sete viaturas para o local para socorrer as vítimas, que tiveram ferimentos leves,  de acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Francisco Morato. As pessoas foram encaminhadas para a Santa Casa e para o Hospital Estadual Professor Carlos da Silva Lacaz, ambos em Francisco Morato.

Por conta do acidente, a plataforma ficou cheia e o tempo de espera pelas composições aumentou. A situação só foi normalizada às 10h30, informou a companhia, quando os trens envolvidos no acidente foram removidos. Ainda de acordo com  a CPTM, a operação foi afetada apenas entre as estações Francisco Morato e Jundiaí, no final do ramal, sem reflexo para o restante da via, que começa na Luz, centro de São Paulo.

O Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) foi acionado para que ônibus atendam a população entre as estações Francisco Morato de Campo Limpo Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
cptm, trens, circulação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.