Trem para Cumbica terá trecho sobre Parque do Tietê

O projeto do Expresso Aeroporto - trem rápido que ligará o centro da capital ao Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos, - prevê a construção de 6 quilômetros de linha férrea elevada, além de três estações de integração e um terminal ferroviário em Guarulhos, que será bancado pelo governo federal. Por meio da participação da iniciativa privada, será construído um ramal de trem a partir da Estação Engenheiro Goulart até Guarulhos. Esse trecho, futura Linha G, será gerenciado pela Companhia Paulista de Transportes Metropolitanos (CPTM), mas o vencedor da licitação poderá explorar parte dos serviços.No trecho que passa sobre o Parque Ecológico do Tietê serão erguidas cerca de 4.500 metros de linhas elevadas. Os outros 1.500 metros ficam nas travessias das Rodovias Ayrton Senna e Dutra e na chegada a Cumbica. No trecho elevado sobre a área de preservação ambiental haverá viaduto com 9 metros de largura e 6 metros de altura.O governo estadual concluiu o projeto na terça-feira, 28, e já encaminhou ao Conselho do Programa Estadual de Desestatização (PED) e ao governador José Serra. A previsão é que a licitação seja lançada em setembro, para que as obras comecem no início de 2008, com conclusão para 2010. "O projeto evoluiu e brevemente vamos conhecer o edital. Ficou mais viável com a ajuda do ministro da Defesa, Nelson Jobim. A Infraero vai fazer os terminais no aeroporto", disse Portella.

Agência Estado,

30 de agosto de 2007 | 07h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.