Trem da CPTM tem princípio de incêndio em Ribeirão Pires

Três passageiros inalaram fumaça e foram encaminhados ao hospital; empresa vai abrir sindicância para apurar ocorrência

O Estado de S. Paulo

19 Fevereiro 2015 | 19h55

SÃO PAULO - Um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) teve um princípio de incêndio na Estação Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, na tarde desta quinta-feira, 19. Três pessoas inalaram fumaça e foram encaminhadas ao pronto-socorro de um hospital da região.

Segundo a empresa, uma composição que trafegava sentido Rio Grande da Serra às 17h15, na Linha 10-Turquesa (Brás - Rio Grande da Serra) teve um princípio de incêndio em um dos carros. Ainda não se sabe o que causou o fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o foco de incêndio, controlado.

Os usuários foram desembarcados na Estação Ribeirão Pires. Os trens estavam circulando em velocidade reduzida entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra por causa do acidente. A CPTM afirmou ter aberto sindicância interna para apurar as causas da ocorrência.
Mais conteúdo sobre:
CPTMtrenstransporte público

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.