Trem com defeito para por 40 minutos e agrava superlotação na CPTM

Em pleno horário de pico da manhã, composição apresentou falha na Estação Dom Bosco e teve que ser recolhida

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

12 Novembro 2013 | 08h36

SÃO PAULO - Um trem com defeito na Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) transtornou a vida dos passageiros na manhã desta terça-feira, 12. O ramal, que vai de Estudantes, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, até a Luz, no centro da capital paulista, ficou com as plataformas mais superlotadas do que o normal.

A composição problemática apresentou os primeiros sinais de pane por volta das 5h20 na Estação Dom Bosco, sentido Luz, em Itaquera, na zona leste, onde ficou parada até as 6h, segundo a CPTM.

Nesse horário, o trem foi recolhido. Contudo, por causa do grande tempo em que ficou estacionado na estação, houve reflexos na movimentação de trens em toda a Linha 11, com maior tempo de espera dos passageiros - e consequente agravamento da lotação nas plataformas.

A CPTM foi questionada, mas não informou o que provocou a pane no trem defeituoso. Por volta das 8h30, a situação já estava "sendo normalizada", de acordo com a empresa, gerenciada pelo governo do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.