TRE-SP cassa outro vereador de São Paulo

Quito Formiga (PR), porém, aguardará julgamento exercendo normalmente seu cargo

Maíra Teixeira, da Central de Notícias,

29 de outubro de 2009 | 22h21

O vereador Marcus Vinícius de Almeida Ferreira (PR), conhecido como Quito Formiga, foi cassado na terça-feira, 29, pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral, Aloisio Sérgio Rezende Silveira. O motivo da cassação é o recebimento de doações irregulares da AIB - Associação Imobiliária Brasileira nas eleições de 2008, e a revisão das contas foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

 

Com a decisão, publicada na terça-feira, 27, são 14 os vereadores da capital cassados por terem suas contas de campanha rejeitadas. Poré, todos os vereadores, incluindo Quito Formiga, conseguiram um efeito suspensivo da medida na Justiça e agora, aguardarão julgamento do TRE exercendo normalmente seus cargos. 

 

 

Segundo o TRE-SP, Silveira já julgou 19 das 45 representações propostas pelo MPE. O juiz ainda vai revisar as contas de 16 vereadores eleitos, sete suplentes, dois candidatos à Prefeitura (Marta Suplicy e Geraldo Alckmin) e do prefeito eleito Gilberto Kassab.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.