Travesti é assassinado a tiros na zona sul de SP

Testemunhas dizem que vítima e assassino discutiram; jovem tinha se mudado para SP há pouco tempo

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

26 de junho de 2008 | 04h24

Um travesti foi assassinado por volta da 0h30 desta quinta-feira na esquina da Avenida Indianópolis com a Alameda dos Uapés, no Planalto Paulista, zona sul da capital. Investigadores do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) e a Polícia Militar estão, desde o começo desta madrugada de quinta-feira, procurando o assassino. Três travestis, colegas de J.R., de 27 anos, que usava o nome de "Soraia", presenciaram o crime. Segundo eles, um Fiat Pálio preto parou próximo deles e a vítima se aproximou do carro. Os dois discutiram e o desconhecido desceu do veículo e começou a agredir o travesti com coronhadas. A vítima correu e foi baleada na nuca, morrendo no local. O assassino, ainda não identificado, fugiu. A placa do Fiat não foi anotada. O rapaz assassinado veio de Belém (PA) e estava poucos meses em São Paulo. O homicídio foi registrado no 16º Distrito Policial, de Vila Clementino.

Tudo o que sabemos sobre:
assassinatotravesti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.