Transporte de carga perigosa não pode ser feito em horário de pico na capital

Desde ontem está proibida a circulação de veículos que transportam produtos perigosos no horário de pico em São Paulo. Gases inflamáveis e componentes químicos não poderão ser transportados das 5h às 10h e das 16h às 21h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, no minianel viário e no centro expandido, a mesma área onde vigora o rodízio municipal de veículos.

, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2011 | 00h00

As Marginais do Tietê e do Pinheiros e as Avenidas dos Bandeirantes, Affonso D"Escragnolle Taunay, Presidente Tancredo Neves e das Juntas Provisórias são algumas das vias incluídas que delimitam a área de restrição.

Ficam excluídos da proibição veículos que transportam produtos perigosos de consumo local, como combustíveis automotivos, gás engarrafado, ar comprimido e oxigênio.

A fiscalização é realizada por DSV, CET e Polícia Militar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.