Trânsito começa a melhorar nesta noite em SP após recordes

Cidade estava com 78 km de congestionamento, depois de marcar 154 km às 19h15; Tietê tinha trânsito ruim

da Redação, estadao.com.br

13 Fevereiro 2009 | 18h39

O trânsito começava a melhorar na capital paulista na noite desta sexta-feira, 13, após o índice ficar acima da média durante a tarde e registrar recordes de congestionamento durante a manhã. Por volta das 20 horas, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), registrava 78 km de congestionamento em São Paulo, já abaixo da média para o horário, ao contrário do restante do dia.   Veja também: Como o trânsito parou SP e números da frota Dossiê Estado: os números do trânsito em SP    Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua     A lentidão estava pior para o motorista que seguia pela Marginal do Tietê, que tinha 7,7 km de congestionamento no sentido Ayrton Senna, desde a Ponte Freguesia do Ó até a Rua Azurita, tanto pela vis expressa quanto pela pista local. Na Avenida dos Bandeirantes, a lentidão ia desde a Marginal do Pinheiros até o Viaduto João Carlos Mallet, no sentido Imigrantes, por 4,9 km.   Na Avenida Francisco Morato, o engarrafamento seguia desde a Ponte Eusébio Matoso até a Avenida Taboão, por 7,1 km no sentido bairro. Nesta noite, a lentidão em São Paulo chegou aos 154 km, por volta das 19h15.   Pré-carnaval   Desde as 18 horas, o motorista que dirigia pelas imediações das ruas Maria Antônia, Dr. Vila Nova, Major Sertório, Amaral Gurgel e da Consolação, no centro, cedem espaço para os foliões do Buma (Bloco Unidos da Maria Antônia), formado em grande parte por alunos das Faculdades Mackenzie e cujo desfile pré-carnavalesco está marcado para começar às 19 horas.   A CET informa que os veículos provenientes da Rua da Consolação, sentido bairro, que seguem em direção à Avenida Higienópolis através da Rua Maria Antônia deverão utilizar a Rua Dona Antônia de Queiroz e a Rua Itambé.   Recordes   Nesta manhã, a cada meia hora foi registrado um novo recorde de lentidão do ano. Às 10h30, eram 155 km, até o horário o maior do ano para o período da manhã. Às 10 horas, foram 139 km. Antes, às 9h30, a cidade registrou 129 km de lentidão. Às 9 horas, foram 127 km de trânsito parado, segundo medição da CET. Às 8h30 foram 122 km de ruas e avenidas paradas. Em 2008, a maior marca foi registrada no dia 11 de março, quando foram registrados 186 km às 9 horas.   A CET atribuiu o alto número à combinação entre chuva, excesso de veículos e acidentes. Até as 17 horas, segundo a companhia, foram registrados 386 ocorrências com reflexos diretos no trânsito. Entre as mais relevantes estão 24 acidentes com vítimas, 10 sem vítimas (sendo um na Marginal do Pinheiros), envolvendo 43 veículos e 21 caminhões.   (Com Fábio M. Michel, do estadao.com.br)   Atualizado às 20 horas

Mais conteúdo sobre:
trânsito em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.