Tragédia da Gol: Aeronáutica multa dona do Legacy

A Aeronáutica decidiu autuar a empresa ExcelAire, dona do jato Legacy que se chocou com um Boeing da Gol, em 2006, deixando 154 mortos. A empresa foi considerada culpada de descumprimento de vários pontos da legislação de tráfego aéreo, incluindo preenchimento incorreto do plano de voo e não acionamento do transponder (equipamento que registra no sistema de controle aéreo a posição da aeronave). O valor da multa não foi divulgado.

O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2012 | 03h04

De acordo com o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (Cecomsaer), a empresa foi informada da decisão e poderá recorrer. A ExcelAire já havia sido multada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em R$ 7 mil. A Anac também multou em R$ 3,5 mil os pilotos norte-americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, que comandavam o jato Legacy.

Obama. A Comissão de Relações Exteriores da Câmara e o governo brasileiro pediram à Agência Federal de Aviação (FAA) para cassar o brevê dos pilotos. A comissão pretende ainda incluir esse tema na conversa da presidente Dilma Rousseff com seu colega americano, Barack Obama, em 9 de abril, nos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.