Traficantes angolanos presos em prédio de bingo clandestino

As cápsulas encontradas não ultrapassavam o total de um quilo

Oswaldo Faustino, do estadão.com.br,

22 de setembro de 2007 | 06h27

Uma denúncia anônima sobre o funcionamento de um bingo clandestino num prédio no Jardim Penha de França, na zona leste, levou policiais militares a descobrirem, na noite de sexta-feira, 21, cinco angolanos pertencentes a uma quadrilha de traficantes internacionais de cocaína. Quando a polícia chegou ao local, um deles jogou uma sacola contendo a droga pela janela do apartamento onde se encontravam outro tentou dispensar o narcótico através do vaso sanitário. As cápsulas encontradas não ultrapassavam o total de um quilo. Com idades entre 32 e 44 anos, os angolanos estavam no apartamento de número 5 e, provavelmente acreditaram que os policiais estavam ali por sua causa. Na verdade a operação era apenas para flagrar contraventores que exploram o jogo de azar em outro apartamento. Ali foram encontradas 21 máquinas de caça-níqueis.  Ao avistarem alguém jogando uma sacola da janela de outro apartamento, os policiais imaginaram que fosse dinheiro, sendo dispensado pelos contraventores, mas ao abrirem encontraram 71 cápsulas com a droga. No apartamento do angolanos, encontraram no vaso sanitário mais 12 cápsulas que não desceram ao ser acionada a descarga. Os africanos foram levados à Delegacia da Penha (10º DP) onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e por formação de quadrilha.

Tudo o que sabemos sobre:
traficantesdrogasangolanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.