Traficante é preso com arsenal em Mogi das Cruzes

Denúncia anônima permitiu que policiais militares encontrassem armamento em apartamento

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

26 Fevereiro 2010 | 03h50

GUERRA - No arsenal apreendido pela PM, foram encontrados espingardas, metralhadora UZI, carabina, munições, além de 500 gramas de maconha

 

SÃO PAULO - Uma denúncia anônima permitiu que, na quinta-feira, 25, policiais militares da Força Tática do 17º Batalhão localizassem uma grande quantidade de munições e armas no interior de um apartamento da CDHU localizado na Rua João de Souza Franco, no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, região leste da Grande São Paulo.

 

O morador do apartamento, Jorge Assis, 24 anos, que segundo a denúncia feita à PM seria membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), foi detido no local e, sem resistir à ação dos policiais, assumiu ser o dono de tudo, mas não quis revelar detalhes sobre como conseguiu as armas.

 

Levado ao 2º Distrito Policial de Mogi das Cruzes, de Brás Cubas, Jorge, que não tinha ainda passagem pela polícia, foi autuado em flagrante por posse de armas e tráfico de entorpecente, pois foram encontrados também com ele 500 gramas de maconha e cápsulas plásticas utilizadas para armazenar cocaína pronta para a venda.

 

Os policiais militares apreenderam no apartamento uma pistola ponto 40, duas espingardas, calibres 12 e 28, uma carabina calibre 38, uma metralhadora Uzi calibre 9mm com silenciador e um carregador com 33 munições, um revólver calibre 38, um colete à prova de balas, 60 munições para calibre 9mm, 28 para calibre ponto 40, além de 20 munições para calibre 38, outras 18 para calibres 380 e 12, e diversas para calibre 3.57.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.