Estadão
Estadão

Motoristas enfrentam lentidão e chuva no retorno do Natal

Motorista pisa no freio nas principais rodovias que servem a capital paulista

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

25 Dezembro 2016 | 19h23

SOROCABA - Motoristas que deixaram para viajar à tarde no retorno do feriado do Natal, pegaram estradas lotadas e muitos pontos com chuva, neste domingo (25). Às 19h30, a rodovia Bandeirantes, no sentido da capital, estava parada do km 65 ao 50, na região de Jundiaí, por causa do excesso de veículos e da chuva forte. Na Anhanguera, o congestionamento chegava a dez quilômetros na mesma região.

Quem retornava do interior para a capital pela Castelo Branco também pegou a estrada travada, às 19 horas, do km 58 ao 50, na região de São Roque. No Sistema Anchieta-Imigrantes, por causa da chuva, foi adotada a Operação Descida em Comboio, afetando também o trânsito em direção a São Paulo. O congestionamento era maior na chegada à capital.

A Raposo Tavares estava com fila de carros desde Cotia até a entrada em São Paulo. Em alguns pontos, o trânsito parava. Na Dutra, quem vinha do Rio de Janeiro pegava trânsito parado em Pindamonhangaba e na região de Guarulhos. A Régis Bittencourt tinha cinco quilômetros de congestionamento na região de Embu das Artes e lentidão ao longo de 20 quilômetros entre Miracatu e Juquitiba, na Serra do Cafezal. Motoristas pegaram um temporal, por volta das 18 horas, na rodovia D.Pedro I, em Campinas. Muitos carros, sem visibilidade, pararam no acostamento.

MORTES - O feriado do Natal também foi marcado por acidentes graves nas estradas. Na rodovia João Mellão, em Avaré, um casal - um rapaz de 20 anos e sua mulher de 19 - morreu e sete pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança, filha do casal, na colisão entre dois carros, no km 248, na madrugada deste domingo. Na Dutra, em Caçapava, um motorista embriagado bateu em outro carro, causando a morte de um homem de 47 anos e deixando outras duas pessoas gravemente feridas. O causador, de 23 anos, do acidente foi preso.

Na interligação da Anchieta com a Imigrantes, em Cubatão, uma menina de qualquer anos morreu, na noite de sábado, após ser atropelada por um carro. Em Borborema, na rodovia Mário Gentil, uma mulher de 61 anos morreu e outras três pessoas ficaram feridas na colisão entre o carro em que estavam e um ônibus.

Mais conteúdo sobre:
Congestionamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.