Tráfego bom nas estradas em SP nesta madrugada

Sistema Anchieta-Imigrantes opera no esquema 7 x 3; até as 3h30, 85 mil carros já haviam descido

Ricardo Valota, estadão.com.br

01 Maio 2009 | 05h19

O movimento era tranquilo durante a madrugada desta sexta-feira, 1, nas principais estradas estaduais e federais dentro do Estado de São Paulo segundo a Polícia Rodoviária e as concessionárias. Nenhum acidente grave foi registrado nas últimas horas.

 

linkAcompanhe a situação do trânsito na capital paulista

 

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o movimento era intenso no trecho de serra da Rodovia dos Tamoios (SP-99) em direção a Caraguatatuba, litoral norte. Movimento grande de carros no sentido São Sebastião, também litoral norte, da Rodovia Manoel Hypolito Rego (SP-55) no trecho de Riviera de São Lourenço.

 

Tráfego bom no Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), que opera no esquema 7 x 3 - com descida feita pelas pistas norte e sul da Anchieta e pela pista sul da Imigrantes. Em direção ao planalto, o motorista tem a sua disposição a pista norte da Imigrantes. Para o feriado do Dia do Trabalho, a Ecovias estima que até 230 mil veículos utilizem o SAI rumo à Baixada Santista.

 

Da 0h de quinta-feira, 30, até as 3h30 desta sexta-feira, 1, já haviam passado pelos pedágios da Anchieta e da Imigrantes mais de 85 mil carros. Segundo a Ecovias, a tendência é de que o número de carros em direção ao litoral aumente a partir das 5h30.

 

Balsas

 

Segundo informações do site da empresa de Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), o tempo de espera nesta madrugada nas travessias por bolsa era de 15 minutos na Santos-Guarujá (com 1 embarcação); de 20 minutos na Guarujá-Bertioga (com 1 embarcação); também de 20 minutos na São Sebastião-Ilha Bela (com 3 embarcações). A travessia Ilha Comprida-Cananéia não está em operação.

 

O estadão.com.br tentou obter informações pelo telefone de contato disponibilizado ao usuário pela Dersa, mas desde o início da madrugada a ligação não completa. À 1h, usuários que esperavam para fazer a travessia Santos-Guarujá afirmaram que a fila era muito grande para apenas uma balsa disponível.

Mais conteúdo sobre:
estradas feriado Dia do Trabalho trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.