Torres causam, sim, danos à saúde

A proximidade com antenas conhecidas como estações radiobase pode, sim, acarretar riscos à saúde. Quanto maior a potência da radiação em contato com uma pessoa, mais ela será absorvida pelos tecidos, o que provocará aumento de temperatura do corpo e possíveis efeitos negativos à saúde.

Análise: Hugo Enrique Hernández Figueroa, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2010 | 00h00

A radiação, contudo, enfraquece à medida que a distância da antena aumenta. Como os valores típicos das potências lançadas pelas estações radiobase são de 3 a 5 watts, distâncias da ordem de 5 a 6 metros já são consideradas seguras para as pessoas. Se a potência da antena for maior, o perímetro de segurança também deve ser ampliado.

Estudos mostram que as potências lançadas pelos celulares, apesar de menores, também podem provocar riscos à saúde, pelo fato de os aparelhos estarem em contato direto com os usuários. A recomendação é usar os celulares próximos da cabeça durante o mínimo de tempo possível. O ideal é usar fones de ouvido. No Brasil, a Universidade Estadual de Campinas e a Federal do Rio Grande do Sul, entre outras, aprofundam os estudos sobre os efeitos da radiação na saúde.

É PROFESSOR TITULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO, DEPARTAMENTO DE MICRO-ONDAS E ÓPTICA DA UNICAMP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.