Toque de recolher chega ao interior

Um boato sobre um atentado que seria promovido pela facção criminosa PCC fez a Polícia Militar reforçar, ontem, o efetivo nas ruas de alguns bairros de Campinas, Sumaré e Hortolândia, região próxima do maior complexo penitenciário do interior de São Paulo. Um dia antes, alguns comerciantes, escolas e unidades de saúde fecharam as portas mais cedo no fim da tarde, nessa região de limite dos três municípios, após uma onda de informações sobre supostos atentados e confrontos. /RICARDO BRANDT

O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2012 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.