Tombamento de ônibus na Via Dutra deixa um morto e 17 feridos em Arujá

Bombeiros, Polícia Rodoviária, SAMU e helicóptero da PM foram acionados

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

16 Agosto 2012 | 06h46

Atualizado às 8h35

 

 São Paulo, 16 - O tombamento de um ônibus da Viação 1001, ocorrido às 5h30 desta manhã de quinta-feira, 16, causou uma morte e bloqueia a faixa da direita e o acostamento da pista sentido São Paulo da Rodovia Presidente Dutra no quilômetro 196, em Arujá, região leste da Grande São Paulo. Outras 17 pessoas ficaram feridas, segundo o Corpo de Bombeiros.

O Corpo de Bombeiros informou anteriormente que duas pessoas haviam morrido, mas corrigiu a informação. Uma das pessoas considerada em óbito estava, na verdade, em estado grave. A vítima fatal é um homem, com cerca de 40 anos, disseram os bombeiros. Os feridos, entre leves e graves, foram encaminhados ao Pronto Socorro do Tatuapé, Hospital Maria Dirce e demais da região.

Equipes dos bombeiros, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local e realizam o atendimento às vítimas. O helicóptero Águia, da PM, também foi acionado. O congestionamento passava de 2 quilômetros na região às 6h45. Às 8h22, havia um quilômetro de lentidão, entre o km 195 e o 196.

O motorista que quer chegar à capital paulista sem passar pelo trecho do acidente pode sair da Rodovia Presidente Dutra em Guararema e seguir viagem pela Rodovia Ayrton Senna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.