Tombamento de ônibus deixa 31 pessoas feridas na Régis Bittencourt

Cinco pessoas, gravemente feridas, foram socorridas em hospitais da região de Registro

Gheisa Lessa, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2012 | 11h16

São Paulo, 6 - Um ônibus tombou e deixou 31 pessoas feridas na madrugada desta segunda-feira, 6, na proximidade do km 433 da Rodovia Régis Bittencourt, região de Registro, sul de São Paulo. Cinco pessoas, gravemente feridas, foram socorridas em hospitais da região. Segundo o motorista, ele perdeu o controle do coletivo antes de sair da pista e virar.

A concessionária que administra a rodovia, a Autopista, afirma que apenas 18 pessoas ficaram levemente feridas, entre os 42 ocupantes do ônibus. Já a Polícia Rodoviária Federal conta que eram 47 passageiros no total e só 16 não tiveram ferimentos.

Leonardo Zuanazzi, de 20 anos, Flavia Roberta de Mello, de 31, Ivani Maria Leite, de 50, Sonival Ferreira, de 62 e Cairo Roberto de Oliveira Lima, de 36 são as vítimas graves, conforme informações da PRF. Eles foram levados para hospitais próximos do local do acidente. O motorista do ônibus, Valdenir Sebastião da Silva, de 63 anos, também foi levado a uma unidade de saúde com sérias complicações. Outras 26 pessoas também foram atendidas com ferimentos leves e escoriações. As autoridades não sabem dizer quais hospitais atenderam as vítimas.

O tombamento foi registrado às 2h59 pela equipe de plantão da Autopista. O coletivo seguia no sentido Paraná quando saiu da pista e virou no canteiro lateral, depois do acostamento da rodovia. A concessionária manteve o acostamento e uma faixa interditados por mais de três horas. Às 6h40 desta segunda os bloqueios foram liberados e não houve nenhum reflexo no tráfego de veículos, que fluiu normalmente durante o socorro às vítimas.

Mais conteúdo sobre:
acidenterodovia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.