Tom Maior desiste de levar bichos para desfile

Acabou a polêmica. O presidente da escola de samba Tom Maior, Marko Antonio da Silva, assinou ontem no Ministério Público Estadual (MPE) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) se comprometendo a não levar bichos hoje ao sambódromo do Anhembi, na zona norte. Se levar os animais - estavam prometidas uma suçuarana, uma jaguatirica e uma iguana -, a escola será multada em R$ 10 mil. A agremiação é a segunda a entrar na avenida neste primeiro dia de desfiles do Grupo Especial.

, O Estado de S.Paulo

04 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.