André Lessa/AE
André Lessa/AE

Tom Maior desfila sem Lula e animais

Após semanas de polêmicas, a Tom Maior fez um desfile sem incidentes no sambódromo do Anhembi, em São Paulo – e sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, convidado de honra para a homenagem à cidade de São Bernardo do Campo. Também ficaram de fora os animais selvagens que, supostamente, a escola iria levar para a avenida. No lugar, duas passistas desfilaram com fantasias de jaguatirica.

Circe Bonatelli e Fabrício de Castro, Agência Estado

05 Março 2011 | 08h48

A presença de Lula, que era aguardada, não se confirmou. E apesar do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ter vetado a presença dos animais nesta semana, a escola tratou a questão como uma grande brincadeira. “A imprensa confundiu os animais exóticos”, disse o carnavalesco Chico Spinosa, em referência às passistas.

Embora Lula não tenha comparecido ao desfile, a Tom Maior reuniu ícones do lulismo. O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, disse ter aprovado o desempenho da agremiação. Em sua opinião, a escola representou bem a cidade. “A Tom Maior escolheu bem os símbolos que representam a origem de São Bernardo”, disse.

Nas fantasias e nos carros alegóricos, a escola fez várias referências às indústrias e aos operários. Em uma das alas, os foliões vestiam macacões vermelhos com uma faixa presidencial no peito, numa referência à trajetória do ex-presidente Lula. Para o vice-presidente de São Bernardo, Frank Aguiar, o desfile foi empolgante. “Lula fez falta. As pessoas o esperavam. Ele é um ídolo”, afirmou. Segundo Aguiar, a justificativa de Lula para não comparecer ao evento é que ele quis evitar tumultos. “A presença dele certamente teria enaltecido mais a escola.”

Frank Aguiar desfilou no último carro alegórico da Tom Maior. Segundo ele, quando já estava no carro, recebeu várias ligações no celular de amigos, entre eles Lula. O ex-presidente, de acordo com Aguiar, gostou do desfile. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.