''Todo mundo tem esse lado''

ENTREVISTA

Paulo Sampaio, O Estado de S.Paulo

04 Março 2011 | 00h00

Fabiana Saffi,PSICÓLOGA DO NÚCLEO FORENSE DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS

Dá para estabelecer, em um caso como o da menina Lavínia, se há um ponto onde começa a insanidade?

Não há um ponto de corte. Pode-se dizer que todo ser humano tem esse lado, mas, em alguns, é exacerbado.

As causas desse tipo de reação são recentes (ligadas à relação dos dois) ou primitivas (ao temperamento)?

Algum sinal sempre há.

É possível dizer se a reação de Luciene é mais comum do que se imagina?

Difícil quantificar. Casos como o dela são mais noticiados, estão na mídia.

Existe arrependimento?

Sim. Em alguns. Em outros, parece estratégia para driblar a punição. D

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.