N Rodrigues/AE
N Rodrigues/AE

'Todo mundo foi arremessado para o chão', relata usuário do metrô

Trens colidiram na estação Carrão; 35 pessoas ficaram feridas no acidente

estadão.com.br,

16 de maio de 2012 | 11h49

SÃO PAULO - Trinta e cinco pessoas ficaram feridas na colisão entre dois trens da linha 3-Vermelha do Metrô, na estação Carrão, na zona leste de São Paulo, na manhã desta quarta-feira, 16. Segundo o passageiro, William Salzano, que estava no transporte no momento da batida, o choque foi extremamente forte. "Todo mundo foi arremessado para o chão. Uma grávida acabou batendo a barriga", disse William em entrevista a Rádio Estadão ESPN.

"As pessoas ficaram apavoradas, ninguém sabia direito o que fazer. O atendimento demorou de 20 a 30 minutos. Todo mundo que estava em pé foi arremessado no chão. Outra pessoa bateu a cabeça", afirma William.

Funcionamento. A circulação dos trens da Linha 3-Vermelha funciona apenas entre as estações Palmeiras/Barra Funda e Tatuapé. De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa do Metrô, as causas do acidente ainda estão sendo investigadas. Os passageiros seguem a pé nos dois sentidos da linha, para a Estação Carrão e para a Estação Tatuapé.

O Corpo de Bombeiros e as viaturas do Samu, realizam atendimento no local, ocupando uma faixa da Radial Leste. Equipes dos Bombeiros organizaram um sistema de triagem dos feridos para identificar as vítimas que precisam ser levadas para algum hospital da região. Os bombeiros calculam aproximadamente 35 feridos.

O Metrô não soube informar as causas do acidente. Ainda segundo informações dos bombeiros, ainda há pessoas dentro das composições que colidiram porque as portas dos vagões não abriram.

Tudo o que sabemos sobre:
metrôtransporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.