TJ-SP isenta Google por divulgar cenas íntimas

Seis anos depois de a apresentadora Daniella Cicarelli protagonizar cenas íntimas com o então namorado, Tato Malzoni, em praia na Espanha, Google e YouTube tiveram ganho de causa na ação indenizatória movida por ele. A decisão é do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de anteontem, que também livrou os portais iG e Terra. A Rede Bandeirantes, porém, foi condenada por exibição indevida das imagens.

O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.