TJ nega progressão para Suzane

CASO RICHTHOFEN

, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2010 | 00h00

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou ontem o pedido de progressão de regime de Suzane von Richthofen (foto), condenada a 38 anos de prisão pelo assassinato de Manfred e Marísia von Richthofen, em 2002. Para o TJ, Suzane não tem estabilidade emocional para o benefício, pois "demonstrou frieza incomum no crime".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.