TJ mantém absolvição de acusados

CRIME DO RPG

, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2010 | 00h00

A 1.ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas (TJ-MG) manteve na terça-feira a decisão de inocentar os três acusados pela morte da estudante Aline Silveira Soares, em um jogo de RPG em outubro de 2001, na cidade de Ouro Preto (MG). Cabe recurso. O Ministério Público do Estado solicitou a anulação do julgamento ocorrido em julho de 2009 que absolveu o trio, apontando nulidades na sessão plenária. O TJ negou a solicitação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.