TJ do Paraná terá departamento para proteção de juízes

No Paraná, Estado campeão em ameaças de morte a juízes, o Tribunal de Justiça tem uma Comissão de Segurança e Inteligência Judiciárias. O grupo, presidido pelo desembargador João Kopytowski, pretende criar dentro do TJ um departamento de segurança e inteligência para tratar especificamente da preservação da vida dos juízes.

Cida Alves, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2011 | 00h00

Entre as atribuições desse setor estaria o treinamento de funcionários. Kopytowski também defende o reforço na segurança dos fóruns, tanto na estrutura física dos prédios como em efetivo policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.