TJ de SP nega pedido para adiar julgamento de casal Nardoni

Júri popular continua marcado para próxima segunda-feira, 22, no Fórum de Santana, zona norte de SP

Priscila Trindade, do estadão.com.br

16 Março 2010 | 19h12

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) divulgou nesta terça-feira, 16, que rejeitou o pedido de habeas corpus feito pela defesa do casal Alexandre Alves Nardoni e Anna Carolina Jatobá para suspender o julgamento dos réus, marcado para o dia 22 de março. A decisão é do desembargador Luís Soares de Mello.

 

Entre os pedidos negados pelo desembargador está o "reexame, com luzes forenses, do local dos fatos e dos lençóis das camas dos irmãos da vítima". O júri popular ocorrerá a partir das 13 horas no Fórum de Santana, na zona norte da capital paulista. Entre as 24 testemunhas, 20 são de defesa e quatro de acusação.

 

O casal é acusado de matar a menina Isabella Nardoni em março de 2008, em São Paulo. Na época do crime, a menina tinha 5 anos. Alexandre e Anna Carolina estão presos em Tremembé. Eles afirmam ser inocentes. Os dois são acusados de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima.

Mais conteúdo sobre:
Nardoni Casal Nardoni

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.