Tiroteio entre suspeitos e policiais bloqueia via na zona sul de SP

Avenida Dona Belmira Marin ficou mais de três horas interditada; confronto se iniciou após criminosos quebrarem porta de agência

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

07 Janeiro 2015 | 08h24

SÃO PAULO - Um tiroteio entre policiais militares e criminosos bloqueou por mais de três horas a Avenida Dona Belmira Marin, próximo à Rua Eurico Dias Baptista, na zona sul da capital paulista, da madrugada até o início da manhã desta quarta-feira, 7. Segundo a PM, a quadrilha, formada por seis pessoas, tentava roubar uma agência bancária localizada na avenida.

O confronto começou após uma viatura passar pelo local e perceber a movimentação dos criminosos, informa a PM. Por volta das 3h, os bandidos quebraram a porta de uma agência do Bradesco, na altura do número 1.100, e, segundo a corporação, tentavam acessar o cofre do banco.

Houve troca de tiros e alguns disparos atingiram a agência e até imóveis vizinhos. Um carro ainda colidiu na traseira de uma viatura da PM, estacionada no local. No entanto, ninguém ficou ferido e os criminosos conseguiram fugir. Até as 8h20 desta quarta-feira, ninguém foi preso.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a Avenida Dona Belmira Marin foi liberada por volta das 8 horas.

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.