Google Maps
Google Maps

Tiroteio entre PMs e assaltantes deixa dois feridos em Perdizes

Vítimas foram atingidas na Avenida Francisco Matarazzo; um suspeito foi preso

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

07 de janeiro de 2019 | 10h04
Atualizado 07 de janeiro de 2019 | 15h09

SÃO PAULO - Duas pessoas ficaram feridas em um tiroteio no bairro de Perdizes, na zona oeste de São Paulo, na tarde deste domingo, 6. Segundo a Polícia Militar, assaltantes tentaram invadir o escritório de um comerciante de joias, mas fugiram em mais de um veículo ao notar a aproximação de policiais.

O caso ocorreu por volta das 16 horas na Rua Samuel Morse, no Brooklin, zona sul da capital. Dois criminosos em fuga se deslocaram para a zona oeste da cidade e tentaram escapar pela Rua Clélia. Nas imediações do shopping Bourbon, houve a troca de tiros com os policiais. 

Um homem que caminhava na Avenida Francisco Matarazzo foi atingido no braço direito e no abdome. Uma mulher que também andava na via foi atingida de raspão. As vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, na região central.

De acordo com o hospital, Antonio Carlos Lima, de 57 anos, foi submetido a uma cirurgia, está estável e não tem previsão de alta. Carolina Victoria Montenegro, de 19 anos, teve alta ainda neste domingo, por volta das 18h40.

Após a troca de tiros, os dois homens abandonaram o carro e fugiram a pé. No veículo, os policiais encontraram dois fuzis, que foram apreendidos. A polícia apreendeu cinco veículos e munição. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), dez criminosos participaram da ação.

Outros policiais militares, que também acompanhavam a ocorrência, conseguiram prender um suspeito, de 30 anos, que estava com uma pistola e coletes à prova de balas. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Investigações sobre Crimes Patrimoniais de Intervenção Estratégica do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.