Google Maps
Google Maps

Tiroteio entre PMs e assaltantes deixa dois feridos em Perdizes

Vítimas foram atingidas na Avenida Francisco Matarazzo; um suspeito foi preso

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

07 de janeiro de 2019 | 10h04
Atualizado 07 de janeiro de 2019 | 15h09

SÃO PAULO - Duas pessoas ficaram feridas em um tiroteio no bairro de Perdizes, na zona oeste de São Paulo, na tarde deste domingo, 6. Segundo a Polícia Militar, assaltantes tentaram invadir o escritório de um comerciante de joias, mas fugiram em mais de um veículo ao notar a aproximação de policiais.

O caso ocorreu por volta das 16 horas na Rua Samuel Morse, no Brooklin, zona sul da capital. Dois criminosos em fuga se deslocaram para a zona oeste da cidade e tentaram escapar pela Rua Clélia. Nas imediações do shopping Bourbon, houve a troca de tiros com os policiais. 

Um homem que caminhava na Avenida Francisco Matarazzo foi atingido no braço direito e no abdome. Uma mulher que também andava na via foi atingida de raspão. As vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, na região central.

De acordo com o hospital, Antonio Carlos Lima, de 57 anos, foi submetido a uma cirurgia, está estável e não tem previsão de alta. Carolina Victoria Montenegro, de 19 anos, teve alta ainda neste domingo, por volta das 18h40.

Após a troca de tiros, os dois homens abandonaram o carro e fugiram a pé. No veículo, os policiais encontraram dois fuzis, que foram apreendidos. A polícia apreendeu cinco veículos e munição. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), dez criminosos participaram da ação.

Outros policiais militares, que também acompanhavam a ocorrência, conseguiram prender um suspeito, de 30 anos, que estava com uma pistola e coletes à prova de balas. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Investigações sobre Crimes Patrimoniais de Intervenção Estratégica do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.