Tiroteio e explosões em banco assustam moradores do centro de Piracicaba

Ação dos bandidos tinha como alvo o cofre de uma agência; já é o quinto caso desse tipo no interior essa semana

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

10 Maio 2018 | 08h42

SOROCABA – Integrantes de uma quadrilha ocuparam a praça central da cidade, invadiram uma agência da Caixa Econômica Federal e explodiram o cofre, na madrugada desta quinta-feira, 10, em Piracicaba, interior de São Paulo.

Durante a ação, os criminosos mantiveram a polícia afastada usando armas com grande poder de fogo. O tiroteio levou pânico aos moradores de edifícios próximos e deixou marcas em prédios da região. Até o início da manhã, nenhum suspeito tinha sido preso.

O ataque aconteceu por volta das 3 horas da manhã. O alvo dos criminosos foi o cofre de penhores da agência, onde ficam guardados joias e objetos de valor. Testemunhas relataram ter ouvido três fortes explosões. O banco fica no entorno da Praça da Catedral, a principal de Piracicaba e os bandidos arrombaram a porta para invadir a agência.

Agentes da Guarda Municipal perceberam o movimento, mas foram recebidos a tiros. O intenso tiroteio continuou com a chegada da Polícia Militar. Os criminosos conseguiram romper o cerco e fugiram em vários carros. No início da manhã, a PM continuava mobilizada na tentativa de localizar os assaltantes. Ainda não havia informação sobre o valor do roubo.

A agência da Caixa em Piracicaba foi a quinta atacada com uso de explosivos, esta semana, no interior de São Paulo. Na terça-feira, 8, criminosos explodiram duas agências em Nazaré Paulista. Nesta quarta, 9, dois bancos foram atacados, respectivamente, em Populina e Bocaina. 

Mais conteúdo sobre:
Piracicaba [SP]assalto a banco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.