Ti-ti-ti diplomático

O vazamento de documentos secretos que abalou a diplomacia americana acendeu uma luz amarela no Itamaraty. Imagina se, amanhã, o WikiLeaks - site que está acabando com os segredos de Estado nos EUA - quebra o sigilo das indiscrições que Lula e Marco Aurélio Garcia trocam entre si quando visitam chefes de Estado mundo afora.

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

01 Dezembro 2010 | 00h00

Os americanos, pelo menos, se comunicam por códigos quando querem falar da vida alheia dos poderosos. Por exemplo: quando os telegramas diplomáticos de Washington comparam os russos Putin e Medvedev a Batman e Robin, querem dizer, na verdade, "isso é uma tremenda bichona"!

Não há, decerto, registro do que Lula e seu fiel assessor para assuntos internacionais comentaram, em mais de uma ocasião, sobre a "voluptuosa enfermeira loura" que, segundo os espiões americanos, não desgruda do Kadafi.

Todo mundo acha a Cristina Kirchner meio maluquinha e o Berlusconi, um depravado de marca maior, mas só os diplomatas americanos afirmam essas coisas por escrito. Se eu disser aqui que o Marco Aurélio Garcia chama a Angela Merkel, pelas costas, de "canhão", ele vai negar e eu não vou ter como provar.

Bocão

A edição especial de fim de ano da Playboy traz na capa um close de Letícia Birkheuer. Os lábios da supermodelo brasileira são mais eróticos que muita mulher pelada de corpo inteiro por aí.

Eles merecem!

A TV Globo está confeccionando condecorações para seus repórteres no front do Alemão. A emissora tem dado aos jornalistas da casa tratamento de heróis no noticiário!

Grana preta

A polícia de São Paulo está de prontidão. Há denúncias de que o PCC vai tentar interceptar a mala branca que o Corinthians estaria despachando hoje para Campinas. Será?

Desertor

Desaparecido do front desde o início da guerra, William Bonner voltou anteontem à bancada do Jornal Nacional. Parece que a Fátima precisou buscá-lo na Europa! O jornalista se entregou sem reagir, mas exigiu dormir de colete à prova de balas até o fim da operação militar na Penha.

Nascimento aos montes

O pessoal que acompanha a guerra no Rio pela TV está confuso: afinal, qual daqueles oficiais durões é o verdadeiro capitão Nascimento?

Tá pensando o quê?

Apontado pela revista americana Foreign Policy como o sexto "pensador global" mais importante do ano, o chanceler Celso Amorim dá bem a medida do que foi a tônica do pensamento de ponta no planeta em 2010.

Eu, hein!

Se o grosso da bandidagem do Complexo do Alemão escapou pelo esgoto do morro, por que diabos o pessoal da favela vive reclamando que não tem banheiro ligado à rede coletora de tratamento?

Selvagem são as outras

A inteligência americana classificou como "selvagens" as festas de Silvio Berlusconi. Isso é coisa de gente que nunca foi a um baile funk.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.