Teto de padaria desaba e fere cinco pessoas em Itanhaém

Duas pessoas feridas estão em observação, duas foram liberadas e a quinta está internada com fraturas

Rejane Lima, de O Estado de S.Paulo,

01 de outubro de 2009 | 16h37

O teto de uma padaria em reforma desabou na manhã desta quinta-feira, 1º, em Itanhaém, na Baixada Santista. Cinco pessoas ficaram feridas, nenhuma em estado grave. O desabamento total do teto da padaria Pão, Praia e Cia aconteceu por volta das 8h30. Localizada no centro do município, próxima da Praça da Igreja Matriz, a padaria tem doze anos e é uma das maiores da cidade. O local estava sendo reformado para uma ampliação.

 

Proprietário da padaria há sete anos, Ademir Siciliano, afirma que o desabamento foi uma fatalidade. "O teto veio abaixo e não sei o que ocorreu, por sorte ninguém ficou ferido mais grave", disse o comerciante, que calcula seu prejuízo como muito grande. "Foi perda total".

 

No momento do acidente, havia 13 pessoas no imóvel - um cliente, seis funcionários e seis pedreiros. Entre os cinco feridos, um foi liberado com a chegada do socorro, pois estava apenas com algumas escoriações, e os outros quatro foram encaminhados para o Pronto-Socorro de Itanhaém. Um deles foi atendido e dispensado, dois permanecem em observação e a vítima mais grave, o pedreiro José Feba Neto, de 41 anos, foi transferido para o Hospital Regional. Segundo o hospital, Neto fraturou o braço e o seu estado de saúde é regular.

 

A Defesa Civil de Itanhaém afirmou que a reforma cumpria as exigências documentais da prefeitura e que era acompanhada por um arquiteto contratado pelo proprietário da padaria. O órgão interditou o imóvel enquanto aguarda o laudo da pericia técnica para saber as causas do desabamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.