Testemunhas depõem sobre cratera do metrô

Começou ontem e deve continuar hoje a primeira fase do julgamento dos acusados de ligação com o desabamento que abriu uma cratera nas obras da Estação Pinheiros do Metrô, em janeiro de 2007. A primeira testemunha ouvida foi o coordenador da Defesa Civil da capital, Jair Paca de Lima. Nesta fase do processo, apenas testemunhas de acusação serão ouvidas. O julgamento deve se arrastar até o ano que vem, segundo o Ministério Público Estadual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.