Terminais do Aeroporto de Cumbica terão nova numeração

A medida começará a partir do dia 2 de dezembro e visa a facilitar a orientação dos passageiros no aeroporto

Lucas Lopes, Especial para O Estado

12 Novembro 2015 | 22h45

SÃO PAULO - O Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, terá uma nova numeração dos terminais a partir do dia 2 de dezembro. Segundo a concessionária GRU Airport, a mudança vai estabelecer uma sequência lógica e facilitar a orientação dos passageiros. Com a nova numeração, o atual Terminal 4 passará a ser o 1. Os Terminais 1 e 2 serão unificados e passarão a ser o 2. O Terminal 3 não mudará. 

Os portões de embarque, check-ins e esteiras de restituição de bagagens também receberão nova numeração. No Terminal 1, os portões irão do 101 ao 109, o Terminal 2, do 201 ao 246, e o 3, do 301 ao 326. As esteiras de retirada de bagagem seguem a mesma lógica.

A identificação dos check-ins por terminal ficará da seguinte forma: check-in "A" no Terminal 1, check-ins "B", "C", "D" e "E" no Terminal 2 e check-ins "F", "G" e "H" no 3. 

A nova ordem dos portões de embarque e dos check-ins vale a partir do dia 17 de novembro. 

A GRU Airport informa que, para não prejudicar os passageiros, será feita a adequação de toda a sinalização dos terminais, incluindo placas informativas na Rodovia Hélio Smidt. 

Segundo a empresa, o projeto de renumeração dos terminais foi feito com base em ouvidorias, sugestões de companhias aéreas, rondas e análise do fluxo de passageiros.

Modernização. A unificação dos atuais Terminais 1 e 2 vai centralizar o embarque doméstico e o setor de raio X. O embarque internacional do Terminal 2 continuará sendo feito pelo mesmo local, até sua transferência para a área centralizada.

O projeto de retrofit prevê a ampliação em 23 mil metros quadrados da área operacional. A área de varejo também será expandida em 4,6 mil metros quadrados. Na primeira fase das obras, o número de lojas vai saltar de 24 para 32. 

 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.