Termina greve de ônibus na zona leste de São Paulo

Segundo a SPTrans, serviço na região foi restabelecido pouco depois do meio-dia

Gabriela Vieira , O Estado de S. Paulo

04 de setembro de 2013 | 16h38

Após acordo, motoristas e cobradores de ônibus da empresa Itaquera Brasil, que atende a zona leste de São Paulo, encerraram a paralisação iniciada nesta quarta-feira, 4. Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans) cerca de 230 ônibus das 24 linhas operadas pela viação deixaram de circular nesta manhã, prejudicando 200 mil passageiros. A paralisação iniciou por volta das 3h, horário de início da operação comercial. A SPTrans informou que o serviço na região leste foi restabelecido pouco depois do meio-dia.

O Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) que atendia cinco das principais linhas paralisadas foi desativado. Os funcionários da empresa reclamavam de atrasos no pagamento dos salários. Pelo mesmo motivo, trabalhadores da Viação Oak Tree estão em greve desde o sábado, dia 31, suspendendo a circulação de nova linhas na zona oeste da capital. Até essa terça-feira, 3, a empresa já havia recebido R$ 46 mil em multas pela paralisação.

Na região, a SPTrans mantém o sistema Paese, que opera oito das linhas paralisadas. A estimativa é que cerca de 42 mil usuários de ônibus sejam prejudicados diariamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Greve de ônibustransporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.