Teresópolis prorroga estado de calamidade

A prefeitura de Teresópolis (RJ) prorrogou ontem, por 90 dias, o estado de calamidade pública, decretado em 12 de janeiro por causa das chuvas que caíram na região serrana do Estado e que deixaram 389 mortos e 187 desaparecidos naquele município. A cidade continua em processo de recuperação de vias e reconstrução. No Rio Grande do Sul, o volume de chuva registrado ontem deixou municípios em situação de alerta. Em Candelária, uma pessoa morreu ao ser atingida por uma descarga elétrica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.