Teresópolis afasta prefeito acusado de desviar verbas

A Câmara Municipal de Teresópolis decidiu, por unanimidade, afastar por 90 dias - prorrogáveis - o prefeito Jorge Mário.

Fábio Grellet e Bruno Boghossian, O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2011 | 00h00

Ele é acusado de mau uso de dinheiro na reconstrução da cidade após o temporal que matou 392 moradores, em janeiro. O afastamento tem o objetivo de facilitar a investigação das denúncias. As supostas irregularidades foram apontadas em relatório da Controladoria Geral da União.

A prefeitura nega as acusações. O advogado do prefeito também afirma que a decisão da Câmara não tem eficácia, pois não seguiu o processo legal.

O vice-prefeito, Roberto Pinto (PR), disse estar pronto para assumir e afirmou que vai se empenhar em reconstruir as áreas prejudicadas pela chuva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.