Terceirizada joga entulho irregular

Funcionários de empresa contratada pela Prefeitura são flagrados deixando lixo em área de Guarulhos

, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2010 | 00h00

Funcionários da concessionária Unileste, que presta serviço de varrição de ruas para a Prefeitura de São Paulo, foram flagrados descarregando lixo irregular em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite de sexta-feira. Um motorista e dois auxiliares foram presos em flagrante e o caminhão, que tinha adesivo da administração municipal, foi apreendido. A Unileste receberá multa entre R$ 15 mil e R$ 20 mil e terá de limpar o local. A Prefeitura não se manifestou sobre o caso.

O descarte irregular aconteceu na Estrada Pedro de Sousa Lopes, no bairro Cambará, perto do limite com a capital. Os funcionários da Unileste foram autuados por crime ambiental, que é inafiançável, e podem pegar de 1 a 5 anos de prisão.

"Foi a primeira vez que vi um caminhão de uma concessionária sendo usado para descarte irregular. Normalmente, são empresas pequenas", afirmou o secretário de Meio Ambiente de Guarulhos, Alexandre Kise. Segundo ele, nos últimos cinco anos, foram apreendidos mais de mil veículos na mesma situação na cidade, com o equivalente a 8 mil toneladas de lixo.

Donovan Brito, advogado da Unileste, disse que a empresa "foi pega de surpresa". "Estamos apurando para saber exatamente o que aconteceu", disse. "Não compactuamos com isso. A empresa trabalha dentro da lei", afirmou o advogado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.